Intercambio, USA

Orçamentos Iniciais

Bom há algum tempo que eu quero fazer um intercambio para Chicago, além da vontade de melhorar o inglês sempre quis conhecer essa cidade. Motivos? Não sei exatamente, mas me apaixonei por ela acompanhando filmes e reportagens. Sabe aquele clássico “Curtindo a vida adoidado” (Ferris Bueller’s Day Off) então ele acontece em Chicago! Imagina que legal poder curti o dia a dia nessa cidade?!

Então resolvi compartilhar com vocês todas as etapas dessa jornada até conseguir o intercambio e é claro que todos os dias e aventuras por lá ne?! Nessa postagem vou dar algumas dicas dos itens principais que você deve avaliar, pesquisar e escolher para começar o seu planejamento de intercambio.

A primeira coisa que se tem que fazer sem duvida alguma é ver o quanto vai custar o que você quer fazer, sem isso você certamente não sairá do lugar! É claro que você também têm que decidir para onde quer ir, ok?! Algumas pessoas ficam em duvidas eternas de qual cidade escolher, a minha dica… não escolha se planeje e faça as duas, as três, as quatro! Nem que você demore 10 anos, mas não desista dos seus sonhos, combinado?

Decida a época que você quer ir! Bom eu decidi que queria ir na primavera depois de ver algumas fotos de como ficam as tulipas na cidade, amo tulipas… Além do fato de Chicago ser uma cidade muito fria no inverno e muito cheia no verão, então optei por essa época. É bem legal você fazer uma pesquisa detalhada dessas condições perincipalmente quando você vai ficar durante um período curto e se têm possibilidade de férias flexíveis.

Após decidir a estação do ano que preferia acebei achando os preços de passagem um pouco altos e foi ai que lembrei que Chicago têm alguns congressos mundiais, é uma cidade muito movimentada então uma outra dica que dou para quem vai começar a fazer orçamentos iniciais é mapear os grandes eventos da cidade que você está escolhendo. Mesmo com a maioria das agências oferecendo tarifas mais econômicas de estudante, certamente você encontrara preços mais elevados se o mundo todo estiver viajando para o mesmo lugar que você. Além do fato de que, em cidades menores você poderá acabar indo em uma época super lotada, eu particularmente não gosto.

Voltando um pouco ao primeiro item que falei, o que você quer fazer? Decidir isso vai fazer toda a diferença na hora de fazer seus orçamentos. Seja o mais sincero possível com o agente de intercambio  e com você mesmo.

Perguntas básicas:

  • Você quer estudar e trabalhar? Estudar e passear? Estudar e fazer uma atividade?
  • Qual o seu objetivo no intercambio?
  • Você toparia dividir um quarto com algum desconhecido?
  • Você gostaria de viver com uma família desconhecida?
  • Quanto tempo você pretende ficar?
  • Qual idioma você pretende estudar (algumas cidades possuem mais de uma língua oficial e você pode ter mais de uma opção de curso)?
  • Você sabe fazer sua própria comida?
  • Você se localiza bem em metro, trem e ônibus em lugares desconhecidos?
  • Você já conhece o lugar para onde está indo?
  • Você possuiu ou precisa tirar um visto para o curso que deseja fazer?

Essas perguntinhas básicas deverão fazer parte do seu planejamento para depois que você responda toda elas para você mesmo você possa começar a pesquisar sobre os preços da sua viagem. Esses itens podem fazer toda a diferença na hora do seu orçamento, por exemplo se você é daqueles que se perdem com facilidade é legal contratar um transfer de chegada para te buscar no aeroporto e te levar até onde você ficará hospedado. Se você não sabe cozinhar os pacotes com refeições podem ser mais econômicos do que comer na rua todos os dias.

Outra coisa muito importante de fazer é orçar e estimar os gastos do dia a dia que vão além do que você paga para a escola e agência de intercambio. Calcule o preço que você irá gastar com transporte por exemplo, no meu primeiro intercambio eu conseguia ir para a escola a pé, mas para outras atividade usava o metrô. Nos sites das cidades é bem fácil encontrar informações sobre preços de passagens e a maioria da grandes cidades têm cartões de 1 semana, 1 mês ou de estudante, que dão direito a viagens ilimitadas ou mais baratas. Calcule uma média de quanto você irá gastar por dia, o preço do cartão e coloque no seu orçamento.

Outra dica é comparar o preço do Uber com o do transfer, mas você deve ficar atento a 1 detalhe: alguns tipos de residencia você têm que buscar a chave em um endereço e onde você irá ficar é outro, então você poderá ter que pagar 2 Uber’s, simule no app não custa nada comparar. Se você está indo com um amigo(a) por exemplo o transfer irá te cobrar por pessoa e o Uber por corrida. Os táxis em algumas cidades têm preços fixos e no site dos aeroportos você muitas vezes consegue os preços nele mesmo, as linhas de ônibus também estarão disponíveis lá. Compare todas as opções, suas limitações e gostos e veja o que será melhor para você.

Liste os lugares que você quer conhecer, procure saber se esses locais têm entrada gratuita em algum dia ou desconto para estudantes, coloque tudo no seu orçamento. Algumas cidades possuem cartão de desconto para museus e outras atrações turísticas, normalmente nos sites de turismo oficial você encontra isso eu já usei o de Barcelona e valia muito a pena mesmo.

Pesquise no google sobre supermercados que existem na cidade que você deseja ir, Hoje em dia você pode ver o preço de quase tudo e ter uma boa noção do quantos irá gastar para comer, beber, comprar e etc. Alguns sites que conheço e que você consegue ter uma boa noção dos preços pelo internet, alguns você consegue inclusive comprar:

Estados Unidos: 

  • Walmart – lá no final da página você consegue trocar o país e pesquisar bastante.
  • Walgreens , mesmo sendo uma “Farmácia” vende de tudo assim como a CVS.
  • Macy’s , famosa loja de departamentos, vende de tudo um pouco.

Europa:

  • Mercadona, rede de supermercados que você encontra por toda a Espanha.
  • El corte inglês, um loja multimarcas que vende de tudo inclusive comida. Você pode encontrar por toda a Espanha também.
  • Carrefour, bem parecido com os daqui do Brasil, você encontra por toda a França.

Esses são só alguns dos que eu já usei pra pesquisar durante minhas viagens, mas vocês podem encontrar vários outros, pesquisem bastante e depois me falem aqui…

Bom galerinha essas são só algumas dicas para você começar a fazer o seu orçamento inicial… o meu já tá bem caro… buaaaaa buaaaa buaaaa, mas isso é uma coisa que vou falar pra vocês na próxima postagem, “Como diminuir custos do intercambio” pois é o que vou tentar descobrir agora!!!! hahahahaha

Então pega seu bloco de notas, entra nesses sites, entra nas escolas, vou fazer um comparativo de preços aqui pra vocês também… pensa direitinho nos itens que falei, vai se planejando escolhendo e contando aqui pra gente, semana que vêm volto com mais uma parte dessa saga…. combinado?

Beijos e já pode começar e economizar as moedinhas!!!!

CoolClips_vc068241

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s